Endodontia ou Implante dentário, como proceder? – Prime Clinic

Endodontia ou Implante dentário, como proceder?

Em medicina dentária, por vezes existe a dúvida entre manter uma peça dentária, mediante um tratamento endodôntico ou, em alternativa, extraí-la para colocar um implante.

Qualquer destas práticas tem como objetivo promover a manutenção do dente, assegurando a estética e função adequada do sistema estomatognático e, desta forma, garantir a satisfação do paciente. Por este motivo, o médico dentista deve saber diagnosticar e planear, de forma a aplicar o seu conhecimento em endodontia ou em implantologia, com o intuito de atingir o sucesso no tratamento e um prognóstico favorável.

Por outro lado, é fundamental que o clínico tenha sempre presente que cada paciente tem características únicas e, por esse motivo, deve ser encarado como uma entidade própria que carece de tratamento personalizado. Neste sentido, é essencial um perfeito domínio técnico e teórico, que lhe permita responder, de forma adequada, a eventuais falhas que possam surgir no decorrer do tratamento.

Com a descoberta da osteointegração, os implantes dentários passaram a ser uma alternativa a considerar na reabilitação oral, contribuindo, em grande parte, para a génese da controvérsia sobre a manutenção ou não de peças dentárias comprometidas. Para tal, é mandatório saber o verdadeiro significado de integração do implante no osso e, quais os fatores que permitem que esta ocorra.

Independente das opções de tratamento a serem seguidas, o médico dentista sempre levará em consideração os vários fatores de risco e benefício de cada opção e a decisão final será um resultado de ações conjuntas entre a equipa médica e o desejo do paciente.

Share:

Rua Vitorino Leão Ramos N.º 70

4580-219 Paredes

221 131 832

911 708 523

Segunda a Sexta-feira

10h às 13h, 15h às 20h Sábado/Domingo - Encerrado

E-mail de contacto

geral@primeclinic.pt