Doenças associadas a saúde bucal – Prime Clinic

Doenças associadas a saúde bucal

Cárie
Trata-se de uma doença de origem bacteriana que ataca o esmalte dentário. Ocorre devido a uma higiene oral inadequada ou ao mau posicionamento dentário. Isto provoca a aglomeração das bactérias e dos restos de alimentos, gerando a acumulação de placa bacteriana na dentição.

Se não for detetada e tratada precocemente, a cárie pode afetar outras zonas do dente, como a polpa dentária, causando eventualmente dor intensa e, inclusive, a perda da peça dentária.

Gengivite
Esta doença tem sintomas muito característicos, pois é normalmente detetada pela inflamação e hemorragia das gengivas, causadas na maioria dos casos pela acumulação de placa bacteriana.

Se não for tratada a tempo, esta patologia evolui e pode destruir as gengivas, os ligamentos e as estruturas ósseas.

Periodontite
Se a gengivite progredir sem tratamento, pode desencadear uma doença mais grave que afeta os tecidos de suporte do dente: a periodontite. Esta afeção, por vezes, faz com que o dente perca a sua fixação, conduzindo à sua queda.

É uma doença oral grave, que também pode ter repercussões noutras partes do organismo, como o sistema cardiovascular.

Halitose
O mau hálito é provocado por diferentes causas. No entanto, 60% dos casos têm a sua origem na cavidade oral, em resultado da acumulação de bactérias na boca.

Essa afeção conduz muitas vezes a problemas psicológicos e sociais, como falta de autoestima, rejeição social ou depressão.

A saúde bucodentária está estreitamente relacionada com o resto do corpo. De facto, existem muitas doenças que estão direta ou indiretamente ligadas ao estado da cavidade oral.

Doenças cardiovasculares
Segundo a Associação Americana de Cardiologia, as doenças cardíacas têm uma relação direta com a má saúde bucodentária, especificamente com as afeções periodontais.

Na cavidade oral, residem mais de 5 mil milhões de bactérias que podem entrar na corrente sanguínea, provocando o aparecimento de problemas cardíacos, tais como aneurismas, endocardite e outras afeções graves.

Cancro
64% das pessoas que sofrem de uma doença periodontal correm o risco de ter cancro no pâncreas, de acordo com um estudo recente da Universidade de Helsínquia (Finlândia).

Além disso, a Associação Americana para a Investigação do Cancro alerta que a doença periodontal e outros problemas dentários estão relacionados com a infecção oral provocada pelo vírus do papiloma humano (VPH), causador de 40 a 80% dos cancros orofaríngeos.

Esta ligação é explicada pela existência de um mecanismo ao nível molecular em que as bactérias relacionadas com a periodontite e outras patologias influenciam o desenvolvimento de tumores.

Doença de Alzheimer
Diversos estudos relacionados com a doença de Alzheimer e a demência alertaram para a sua relação com as doenças bucodentárias.

A causa desta ligação é a presença de bactérias orais no tecido cerebral que foi recolhido recentemente em pacientes com Alzheimer numa investigação promovida pela Universidade de Central Lancashire, em Inglaterra.

Os investigadores colocaram a hipótese de que a chegada destas bactérias ao cérebro pode fazer com que o sistema imunológico atue destruindo células e provocando alterações neurológicas próprias da doença de Alzheimer.

Problemas digestivos
Se não se verificar uma posição adequada das peças dentárias e uma oclusão correta, a mastigação dos alimentos é dificultada, o que causa problemas no sistema digestivo que podem desencadear doenças graves.

Através de um exame oral e da realização de testes diagnósticos, o médico dentista pode detetar o mau posicionamento dentário e remediá-lo com tratamentos como a ortodontia.

Créditos: website Dentaleader

Share:

Rua Vitorino Leão Ramos N.º 70

4580-219 Paredes

221 131 832

911 708 523

Segunda a Sexta-feira

10h às 13h, 15h às 20h Sábado/Domingo - Encerrado

E-mail de contacto

geral@primeclinic.pt